Ovo: qual a preparação mais saudável?

06/01/16 | Compartilhar:

preparo do ovo

Durante décadas, o ovo foi considerado vilão devido à quantidade de colesterol existente na gema. De alguns anos para cá, ele abandonou o posto de “alimento vilão” e hoje está entre os alimentos mais queridinhos e saudáveis da alimentação do brasileiro.

Estudos atuais já comprovam que o ovo, se comido com moderação, não afeta os níveis de colesterol LDL. Ótima fonte de proteína de alto valor biológico, muito da sua riqueza nutricional está na sua gema cor de ouro. É rico também em vitamina A, D, B2 e minerais. O ovo é também uma das principais fontes de colina, aminoácido presente na membrana celular e no neurotransmissor acetilcolina. Ou seja, melhora a função neurológica e ajuda no desenvolvimento do cérebro.

Um ovo por dia pode chegar a representar cerca de 10% da necessidade diária de proteína de um adulto. Além disso, ainda aumenta a sensação de saciedade, por isso é ótimo para o café da manhã ou lanche no final do dia.

Mas claro tudo depende muito da maneira que você prepara. Para isso selecionamos os melhores tipos de preparo desse alimento, bem como seus benefícios.

Ovo cozido > Elimina as gorduras prejudiciais à saúde presentes no ovo frito. Além disso, ele é menos calórico: um ovo frito tem em média 107 calorias, enquanto o cozido tem apenas 75.

Ovos mexidos >É uma das formas mais fáceis e deliciosas de preparar esse alimento. Ao invés de utilizar gordura ou leite, você pode optar por utilizar um pouco de água e uma frigideira antiaderente para evitar que o ovo grude. Desta forma, os ovos vão aportar 17 calorias, 3,6 g d proteínas e quase nada de gordura.

Ovos escalfados >Diferentemente dos ovos cozidos, os ovos escalfados são cozidos sem a casca. Os ovos escalfados não possuem excesso de gordura e acompanham muito bem o pão integral, as verduras cozidas e outras receitas.

Ovo frito em água > Em vez de usar óleo, manteiga ou margarina para fritar o ovo, use água! Coloque metade de um dedo de água na frigideira e, quando começar a ferver, quebre o ovo e frite do jeito normal. Fritando o ovo dessa forma, as calorias dele voltam as 75 iniciais, equivalentes às calorias do ovo cozido.

Ovo pochê> Um dos preparos mais saudáveis, o ovo pochê é como um ovo frito na água, só que sem óleo. Para o seu preparo é necessário água quente e vinagre. Vale temperar com pimenta e comer com pão no café da manhã.

Omelete – adicione vegetal e verduras!

De fácil preparo, essa preparação pode ser uma para a adição de fibras que podem auxiliar na saciedade. Opte sempre por usar 2 claras para uma gema e adicione os legumes e vegetais que tiver em casa. Evite os queijos mais gordurosos, opte sempre pelo queijo branco ou creme de cottage.

Ovo caipira, de granja, orgânico. Qual optar?

A grande diferença entre eles está na qualidade de vida da galinha, que vai interferir nos ovos que ela produz, no sabor, na cor, na textura.

O ovo caipira é muito mais saboroso do que o ovo de granja (ou convencionais), isso até os paladares mais insensíveis podem sentir. Mas há também um fator relevante que altera as propriedades dos ovos, o ovo de granja possui uma concentração de betacaroteno pelo menos cinco vezes menor do que no ovo caipira. O betacaroteno é importante na nossa alimentação diária, porque é convertido em vitamina A que, entre outras coisas, fortalece o sistema imunológico.

O ovo caipira e orgânico é produto da criação de galinhas em modo natural, ao ar livre, respeitando as necessidades e os instintos das galinhas, passando inclusive pelo que elas comem – nada de transgênicos, hormônios, etc.

E lembre-se: uma alimentação saudável é uma alimentação sustentável, orgânica, natural.

 

NatuSou
dm card
Olá!

Reforçando nosso comprometimento com a transmissão
de nossas ações de forma transparente, comunicamos
nossa parceria com a empresa DMCARD Cartões de
Crédito Ltda, que passa a assumir a operação dos
Cartões de Crédito Hortifruti, que em breve receberá
um novo nome: Cartão NatuSou.

Para as atividades de administração e processamento
desse sistema, a DM CARD precisará ter acesso a alguns
dados que estão vinculados a titularidade do seu cartão:
seu nome, CPF, RG, CNH, endereço, telefone, e-mail, limite
de crédito praticado e status de sua conta. Sabemos que
o cuidado com seus dados, mais do que nosso dever em
cumprimento à legislação de proteção de dados (Lei
13.709/2018 - LGPD), é também uma maneira de respeitar
a sua privacidade.

Ressaltamos que seus compromissos com os pagamentos
da fatura do Cartão de Crédito continuam, assim como as
consequências pelo não pagamento da mesma.

Entendemos que podem surgir dúvidas e, nesse caso, fique
à vontade para nos contatar pelo e-mail
ajuda@dmcard.com.br. Ficaremos felizes em ajudá-lo(a).

Um abraço,
Grupo Hortifruti Natural da Terra

Selo saudável todo dia