Kombucha: o milagroso chá chinês

22/08/18 | Compartilhar:

Já ouviu falar no kombucha? A bebida, que virou febre nos últimos meses no Brasil, é um chá fermentado feito a partir de um disco gelatinoso chamado scoby, que existe há mais de 5 mil anos na China. O Scoby (tradução do inglês: symbiotic culture of bacteria and yeast) é uma comunidade onde vivem mais de 30 tipos de leveduras e bactérias. Esses micro-organismos trazem diversos benefícios para a saúde, como a eliminação de toxinas, o controle do colesterol e o combate a infecções intestinais.

A bebida é um ótima substituta a refrigerantes e bebidas alcoólicas, podendo ter combinações infinitas de sabores. Cada kombucha é preparado ao gosto de quem o faz, tendo  uma grande variedade: mais doce, mais seco, com frutas e especiarias.

O refresco, que contém vitaminas B e K, minerais e antioxidantes, pode ser feito em casa. Para isso, é preciso ganhar um scoby e mantê-lo vivo com uma mistura de açúcar e chá-preto, verde ou mate. Conheça alguns cuidados que devem ser tomados para manter o scoby e em seguida confira a receita de kombucha.

shutterstock_572015131

CUIDADOS COM O SCOBY
– O scoby não precisa ser refrigerado, mas sempre deve ser mantido com líquido (chá).
– Nunca feche o scoby em um pote com tampa. Utilize sempre panos para cobrir e elásticos para prender. A colônia precisa de oxigênio.
– Utilize apenas açúcar branco, cristal ou demerara. Esse é o alimento da colônia. Outros açúcares são mais difíceis ou impossíveis da colônia metabolizar.
– Utilize apenas chá branco, preto, mate, hibisco e verde. Não utilize chás saborizados ou infusões.
– Não utilize garrafas de vidro para envasar o chá. Fermentação é uma transformação muito séria e requer muitos estudos até chegar em uma formulação perfeita e sem risco de explosão para ser envasado em vidro. A garrafa pode explodir e causar um acidente se não for feito com responsabilidade.
– Não deixe nunca seu kombucha descoberto, pois moscas de frutas são atraídas pelo cheiro e podem contaminar a colônia.
– Se a colônia mofar, jogue fora, esterilize tudo e comece de novo.
– Nunca coloque nenhum líquido fervendo ou muito quente no scoby, a temperatura ideal é sempre a ambiente. Como a colônia cresce rapidamente e em grande quantidade, com o excedente é possível fazer máscaras faciais, doces, sabonetes e até tecidos pela rica composição em celulose.

shutterstock_684855808

RECEITA DE KOMBUCHA

INGREDIENTES:

– 1 colônia de Kombucha e 100ml do líquido que fica com a colônia, também conhecido como starter
– 1 litro de chá adoçado (mate, chá preto, chá verde…), adoce com o quanto você tomaria.
– 1 pote de pelo menos 1 litro para fermentar, de preferência de boca larga que entre uma mão
– 1 garrafa pet de pelo menos 1 litro para o envase
– Especiarias ou frutas para saborizar

PREPARO:
1) Misture o chá adoçado, em temperatura ambiente com a colônia e o starter.
2) Cubra o pote com um pano e elástico e deixe em temperatura ambiente evitando a luz solar direta.
3) Experimente o chá de 2 em 2 dias com uma colher para acompanhar a mudança do sabor. Dependendo da temperatura pode levar de 5 a 15 dias para ter uma mudança grande no sabor que deve ser bem menos doce do que no início e não tão acético (sabor de vinagre).
4) Após o período da primeira fermentação, extraia 90% do líquido para uma garrafa pet e saborize com especiarias: cravo, canela, grãos de café, cardamomo ou frutas: pedaços ou no máximo 100ml de suco de frutas (10% do total de kombucha pronto).
5) Feche bem a garrafa e certifique-se que não está vazando e deixa fora da geladeira até a garrafa pegar pressão naturalmente (você sentirá apertando a garrafa). Quando pegar pressão, coloque na geladeira e beba gelado. Consuma em até 10 dias, mais do que isso o sabor poderá ser alterado. Com o scoby e o líquido que ficou no pote, adicione mais chá e recomece o processo. Caso não for fazer mais Kombucha, adicione mais 500ml de chá e deixe por até 2 meses em um local fresco. Se por acaso o sabor do chá ficar muito acético (sabor de vinagre), despreze 90% do chá e recomece deixando fermentar por menos tempo.

shutterstock_1126148519

 

NatuSou
dm card
Olá!

Reforçando nosso comprometimento com a transmissão
de nossas ações de forma transparente, comunicamos
nossa parceria com a empresa DMCARD Cartões de
Crédito Ltda, que passa a assumir a operação dos
Cartões de Crédito Hortifruti, que em breve receberá
um novo nome: Cartão NatuSou.

Para as atividades de administração e processamento
desse sistema, a DM CARD precisará ter acesso a alguns
dados que estão vinculados a titularidade do seu cartão:
seu nome, CPF, RG, CNH, endereço, telefone, e-mail, limite
de crédito praticado e status de sua conta. Sabemos que
o cuidado com seus dados, mais do que nosso dever em
cumprimento à legislação de proteção de dados (Lei
13.709/2018 - LGPD), é também uma maneira de respeitar
a sua privacidade.

Ressaltamos que seus compromissos com os pagamentos
da fatura do Cartão de Crédito continuam, assim como as
consequências pelo não pagamento da mesma.

Entendemos que podem surgir dúvidas e, nesse caso, fique
à vontade para nos contatar pelo e-mail
ajuda@dmcard.com.br. Ficaremos felizes em ajudá-lo(a).

Um abraço,
Grupo Hortifruti Natural da Terra

Selo saudável todo dia