O mais brasileiro dos legumes

27/07/17 | Compartilhar:
 mandioca

Chame de aipim, de macaxeira ou de mandioca: o fato é que poucos ingredientes são mais brasileiros do que esta raiz saborosa, que pode ser preparada em pratos doces ou salgados. Ela está presente até onde não se imagina, como no pão de queijo (feito com polvilho doce, ingrediente extraído da mandioca) e a tapioca, que hoje é sucesso nas mesas de café da manhã de todo o Brasil.

 

Existem muitas variedades de mandioca. As duas mais conhecidas são a de mesa ou mansa (que também é chamada de aipim ou macaxeira) e a mandioca brava. Todos os tipos de mandioca precisam ser bem cozidos antes do consumo, para eliminar componentes tóxicos de sua composição.

 

Conheça a seguir alguns dos derivados do ingrediente país afora – e aventure-se com os sabores especiais que só a mandioca produz.

 

Farinha de mandioca

É o principal derivado do tubérculo. Em geral, divide-se em três grandes grupos: as secas (raízes raladas, peneiradas e secas em forno), a farinha d’água (quando as raízes fermentam na água e só então são raladas e secadas) e as mistas, mistura de farinha seca e d’água.

 

Tapioca
Feita a partir da goma da mandioca, precisa ser hidratada antes de ser utilizada. Pode ser tostada na frigideira e recheada, ou ainda usada (na forma de grãos) em receitas como os Bolinhos de Estudante, receita tradicional baiana. O ingrediente também pode ser transformado em pratos como pudim e cuscuz.

 

Polvilho

Um dos ingredientes fundamentais do pão de queijo, o polvilho é extraído a partir da mandioca ralada. Trata-se do amido puro da raiz, retirado quando a massa é lavada para preparar a farinha. Polvilho azedo significa que o amido sofreu fermentação durante sua fabricação, o que não acontece com o polvilho doce.

 

Tucupi

Prato típico do Pará e consumido em toda a região Norte, o tucupi é preparado com o caldo extraído da mandioca brava após a lavagem para a fabricação da farinha. O líquido precisa ser fervido e fermentado antes de ser utilizado na culinária.

 

 

 

NatuSou
dm card
Olá!

Reforçando nosso comprometimento com a transmissão
de nossas ações de forma transparente, comunicamos
nossa parceria com a empresa DMCARD Cartões de
Crédito Ltda, que passa a assumir a operação dos
Cartões de Crédito Hortifruti, que em breve receberá
um novo nome: Cartão NatuSou.

Para as atividades de administração e processamento
desse sistema, a DM CARD precisará ter acesso a alguns
dados que estão vinculados a titularidade do seu cartão:
seu nome, CPF, RG, CNH, endereço, telefone, e-mail, limite
de crédito praticado e status de sua conta. Sabemos que
o cuidado com seus dados, mais do que nosso dever em
cumprimento à legislação de proteção de dados (Lei
13.709/2018 - LGPD), é também uma maneira de respeitar
a sua privacidade.

Ressaltamos que seus compromissos com os pagamentos
da fatura do Cartão de Crédito continuam, assim como as
consequências pelo não pagamento da mesma.

Entendemos que podem surgir dúvidas e, nesse caso, fique
à vontade para nos contatar pelo e-mail
ajuda@dmcard.com.br. Ficaremos felizes em ajudá-lo(a).

Um abraço,
Grupo Hortifruti Natural da Terra

Selo saudável todo dia